31/08/09

Me pisa que eu gosto: Melissa na revista Época

Veja a reportagem que saiu na revista ÉPOCA sobre a Melissa:

Me pisa que eu gosto
Como entender o sucesso da Melissa, que aos 30 anos consegue crescer no mercado internacional e ajuda a criar um novo conceito: o “pop de luxo”
Marcos Coronato

COBIÇADAS

A atriz americana Pamela Anderson e uma Melissa. Outras celebridades, como Beth Ditto e Kate Perry, não tiram os pés da marca

Conversar com os executivos responsáveis pela marca Melissa equivale a ter um curso intensivo de expressões bacaninhas de marketing contemporâneo. O discurso da empresa é recheado de conceitos charmosos como “design colaborativo”, “DNA do produto”, “relacionamento com o consumidor” e “pop luxury”. Nenhum deles esclarece por que tantas mulheres, no Brasil e no mundo, adoram a sandalinha de plástico. Pergunte a consumidoras e elas terão argumentos de outra ordem, mas igualmente insondáveis: o “cheirinho do plástico novo”, o “jeitinho da Melissa”. A Grendene conseguiu o sonho de toda marca de moda. Hordas de adolescentes não apenas compram o produto, elas gostam de passear pela loja- -conceito da marca, a Galeria Melissa, na Rua Oscar Freire, num dos bairros mais nobres de São Paulo.

Um comentário:

Cyy* disse...

Oi Susi!
Você deixou um comentário no meu blog perguntando se podia postar meu look, lembra?
Bom ... venho eu dizer-lhe que fique a vontade!
Ficarei muitissimo feliz em aparecer no seu blog!!!!

Bjos, Cyy!
sonhosdemelissa.blogspot.com

Postar um comentário